Goodbye, Blackstar ★

bowie36★ Bowie vida-morte-arte-performance.

Semana passada David lançava uma música super profunda, que bateu pesado em mim, falando sobre a vida, a existência transitória, e ao mesmo tempo reinventando o lugar do artista pop, que pode sim envelhecer, mostrar as marcas do tempo, e ser igualmente impactante.

Os dias passam e 3 dias após o cara se vai dessa passagem terrena, e a própria morte, encadeada do lançamento do álbum, se encaixa perfeitamente com a sua obra, questionamento a própria vida, e fusão dela com a com a existência que resvala na arte, a própria transitoriedade da experiência midiática. O buraco é tão profundo, a discussão é tão densa que hoje me reservo o silêncio.

Hoje não tem RIP para ele, o blackstar já está voando entre nós, como uma boa assombração. Espero sinceramente conseguir ficar em paz, RIP me.